Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior - Atual Beleza

Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior

Share This
Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior
Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior



Peter Phillips é o diretor criativo de maquiagem da Dior, e ele acerta constantemente ao criar uma beleza que conversa não apenas com as roupas, mas também com as filosofias da label. Em janeiro, por exemplo, enquanto Maria Grazia Chiuri revisitava um manifesto surrealista, ele desenvolveu tatuagens sedutoras que pareciam transformar as ideias em parte do DNA das modelos.

Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior
Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior
O desfile dessa temporada não poderia ter sido diferente. As grandes estrelas da beleza — e da próxima coleção de maquiagem da maison — são os delineadores coloridos. Mas eles tem um ponto de diferença crucial: estão longe de serem fofos ou elegantes, no estilo gatinho. Agora eles cobrem as duas pálpebras (o undershadow está de volta, mesmo!), dando um estilo irreverente ao traço.
“Se você usa um delineador rosa gatinho, vai ser fofinho”, contou ele para a ELLEamericana. “Mas se você fizer um traço grosseiro em ambas as pálpebras, quase como uma meia lua, é conceitual, cool, e está pronto para ser levado a sério.” Adicione óculos coloridos transparentes e pronto: o look está feito.
Guido Palau, que comandou a direção dos fios, acertou também tanto ao deixar os cachos naturais quanto a dar um pouco mais de volume para outros fios. “É o cabelo para uma garota rebelde”, explicou ele. “Mas não rebelde o suficiente para não fazer uma escova”, contou durante o backstage.

Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior
Um delineado diferente e colorido fez a beleza da Dior
As ideias caíram muito bem com as inspirações da diretora criativa, que citou o feminismo de maio de 1968 — um dos anos com maior militância pela libertação sexual feminina — como uma de suas referências para a coleção. Rebel, rebel!

Fonte: Elle

Pages